top of page

Verdade ou Mentira: Parte da Muralha da China foi Feita Com Arroz


É verdade. Parte da Muralha da China, realmente, foi feita com arroz. Não sabia? A gente te conta mais sobre isso em um blogpost exclusivo da Albaruska!


A Grande Muralha da China foi construída por volta de 220 a.C. após o Primeiro Imperador Chinês, Qin Shihuang, determinar essa ordem. O objetivo principal da construção era estabelecer um sistema seguro e extremamente robusto de defesa para a nação recém-unida contra os ataques de inimigos.


A Muralha

Ao longo dos seus 21.196 mil quilômetros de extensão, o gigantesco monumento histórico da humanidade possui uma parte que está em perfeito estado atualmente, contando com cerca de 8 mil km, se tornando o mais bem preservado para sua idade. O motivo? Arroz.


Exatamente.


Atualmente, para construir uma parede comum de uma casa são necessários tijolos e cimento. Antigamente, as civilizações antigas utilizavam itens parecidos e com a mesma função, como: cal, cinzas vulcânicas, pó de tijolo e lascas de cerâmica em uma mistura consistente. Com as dificuldades do período, os trabalhadores não tinham acesso a todos esses itens e precisavam encontrar maneiras diferentes que pudessem ajudar nesse processo.


De acordo com cientistas e estudiosos, depois de um longo período de testes e análises, foi entendido que os principais componentes da mistura desses 8 mil km citados são carbonato de cálcio e amilopectina, um derivado da sopa de arroz empapada adicionada ao cimento.


O trecho em questão foi construído durante a Dinastia Ming (1368-1644) e é um dos mais renomados devido, justamente, à quantidade de detalhes e ornamentos que possui por toda a sua extensão.


36 views0 comments

Comments


bottom of page